Pinturas

Descrição do ícone de Dionísio "Salvador no poder"

Descrição do ícone de Dionísio



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Hoje temos a oportunidade de ver o ícone "Salvador em poder" da criação de Dionísio. Muitos que vêem este ícone podem dizer que é semelhante ao "Salvador nas forças" das mãos de Andrei Rublev, mas não é assim. A composição que Dionísio pintou repete o trabalho de Rublev, mas existem algumas diferenças - os pés do pé direito, a proporção da figura.

"O Salvador está no poder" é um dos principais ícones, localizado no centro da iconostase ortodoxa. No centro do ícone, vemos Cristo sentado no trono. Na mão esquerda, ele tem o evangelho; com a mão direita, ele abençoa. Uma frase de um livro está escrita no evangelho. Desde o século XV, artistas e pintores de ícones tentam o mais rápido possível escrever frases do Evangelho em suas telas. A trama deste ícone, escrita por Dionísio, é baseada na Revelação de João, o Teólogo. O losango vermelho no interior tem lados côncavos. O artista o inscreveu em uma esfera bicolor de verde e azul, cheia de serafins e querubins. O losango vermelho é a personificação dos evangelistas, o losango interno é o fogo da visão de Ezequiel. Os pés de Jesus Cristo estão ao pé, que é estabelecido nos "tronos".

Hoje existem várias interpretações da iconografia do Salvador. A interpretação mais impressionante e mais verdadeira é considerada a explicação escatológica da imagem, bem como o reconhecimento de que as pinturas de abside bizantina dos séculos 5 a 10 servem como fonte inicial.

A composição final de Jesus na iconografia do Salvador ocorreu no século XV, provavelmente no território da Rússia.





Composição por Picture Moscow Courtyard


Assista o vídeo: Ícone - You Dicionário - Dicionário da Língua Portuguesa - You Dicionário - Dicionário da Lín (Agosto 2022).